Dicas para estudar a distância

Dicas para estudar a distância
Dicas para estudar a distância

Veja 7 dicas para estudar a distância e ter bons resultados no aprendizado em casa.

Se você nunca estudou na modalidade EAD, verá que estudar a distância é extremamente conveniente, mas também requer uma abordagem diferente do estudo em campo.

Você vai ter que desenvolver um conjunto diferente de habilidades de estudo e ser mais autodidata.

Sem o contato face-a-face com os alunos e professores para estimulá-lo, tudo depende de você.

Isso pode ser um desafio se você estiver propenso a procrastinação ou distração, mas também extremamente gratificante quando você começa a criar hábitos de estudo produtivos e eficazes.

Confira 7 dicas para ter sucesso no ensino à distância.

Dicas para estudar a distância

1. Estabeleça um calendário de estudo


A gestão do tempo é um dos maiores problemas enfrentados tantos por pessoas que estudam em faculdade presencial quanto para quem estuda à distância.

Ter um calendário de estudo é essencial para a gestão do tempo de forma eficaz. Veja como fazer um:

– Comece colocando todas as datas académicas importantes em seu calendário ou diário (por exemplo: data de entrega de trabalho, intervalos do semestre, semana de estudo e épocas de exame).

– Aloque um tempo de estudo para cada matéria. Experimente anotar quanto tempo cada atribuição pode levar e certifique-se de permitir-se o tempo necessário.


– Marque um tempo para seus outros compromissos e atividades além do estudo (trabalho, esporte, social, familiar) e também lembre-se de eventos ocasionais que podem surgir.


– Coloque o calendário em uma posição visível, colado em alguma parede por exemplo ou use um aplicativo no seu celular e mantenha-o na tela inicial.


– Deixe amigos e família saber sobre sua programação. Isso é importante para que eles compreendam os seus compromissos e restrições de tempo.


– Não abandone o seu calendário se estiver tendo algum problema com ele. Ao invés disso, tente pensar em como você pode modificá-lo para que funcione da melhor forma para você.

Seja realista – algumas semanas as coisas podem não ir de acordo com o plano, mas não se culpe sobre isso, basta voltar para o eixo.

2. Crie um ambiente de estudo adequado

– Se você estiver estudando em casa, tente montar um espaço dedicado aos seus estudos, tal como um mini escritório, pois isso vai ajudar você a ter uma abordagem voltada para os seus estudos.

Veja Como organizar a casa para o EAD

– Ao criar um recanto, isso irá ajudá-lo a entrar na “zona de estudo”. Se estudar em casa realmente não é uma opção, então considere outros lugares, como uma biblioteca local ou um café tranquilo.

3. Identifique o seu ritmo de estudo

– Pense em quando você é mais eficaz. Você é uma pessoa matinal ou uma é mais produtivo à noite?

Dedique a maior parte dos seus estudos quando seu cérebro estiver a todo vapor, a fim de obter maior produtividade.

– Pense em quanto tempo você pode alocar em uma sessão de estudo.

Você trabalha melhor estudando todo o conteúdo de uma vez rapidamente, ou prefere um ritmo mais lento e gosta de espalhá-lo ao longo de algumas horas?

– Quando você começar a perder o foco, talvez seja tempo para uma pausa logo após este sinal.

Veja Como Ter Foco Para Estudar a Distância

Certifique-se de alocar intervalos regulares, 20 minutos com foco total na matéria pode ser mais eficaz do que três horas sem foco.

4. Reconheça quando você está procrastinando

A maioria das pessoas costuma procrastinar, especialmente quando uma tarefa é um desafio e você não sabe por onde começar.

O importante é reconhecer quando você está procrastinando e identificar o porquê. Desse modo, seguindo os passos abaixo:

– Comece por se livrar de distrações.

Algumas coisas são mais fáceis de se livrar do que outros; colocar seu celular no modo silencioso, fechar o facebook, não abrir o seu e-mail e se concentrar na tarefa em mãos.

– Lembre-se que quanto mais você evitar um trabalho, mais estressante se tornará depois. 

– Depois de fazer um começo de uma tarefa, você vai reduzir imediatamente a sua ansiedade sobre isso.

Nesse sentido, comece por quebrar o trabalho em pedaços médios, ao invés de enfrentar muito de uma vez.

5. Busque apoio ativamente

Não adie uma tarefa porque é muito difícil – você só vai tornar mais difícil para si mesmo mais tarde. Se você não entender algo, é ok pedir ajuda.

– Contate o seu tutor ou professor se você tiver quaisquer dificuldades com a compreensão de um assunto.

– Faça uso dos fóruns de discussão para temas específicos. Estas ferramentas são uma ótima maneira de se conectar com outros estudantes e, em segundo lugar, úteis para esclarecer dúvidas.

– Saiba como entrar em contato com orientadores acadêmicos.

Isso é um recurso maravilhoso e pode ajudá-lo a superar questões acadêmicas, a fim de superar os desafios no estudo em casa.

– Use sua iniciativa para evitar ser um aluno passivo, que só se comunica com o seu professor quando é solicitado.

Assuma o controle de ser ativo em fazer perguntas e se engajar em fóruns de discussão on-line.

Assim sendo, deixe seu professor saber que você está lá e que realmente se preocupa com seus estudos.

6. Saiba quais ferramentas e serviços estão disponíveis

Familiarize-se com os recursos disponíveis para você e faça uso deles, bem como as as ferramentas online.

Estes serviços irão variar dependendo da instituição de ensino, mas geralmente incluem:

– Fóruns estudantis on-line e grupos de apoio

– Serviços para os estudantes (conselheiros de orientação profissional, assessores, aprendizagem de habilidades acadêmicas)

– Serviços de biblioteca (descobrir sobre empréstimos de livros e recursos de biblioteca on-line)

7. Recompense-se ao longo do caminho

Não vamos fingir, estudo on-line é um desafio. Você precisa estar motivado, disciplinado e, mais importante: acreditar em si mesmo.

Portanto ajude-se a reconhecer cada conquista, desde os mais pequenos até os grandes sucessos. Ao concluir uma atribuição até a sua data de vencimento, curta o prazer de ter feito algo produtivo.

Prometer-se a si mesmo uma recompensa, com toda a certeza, pode ser muito motivador.

Quando você terminar a sua tarefa irá curtir a sensação de produtividade e ainda terá a recompensa que lhe prometeu, como jogar video game ou olhar uma rede social por exemplo. 

Você é o capitão de seu navio, às vezes é preciso dar um passo para trás e apenas respirar.

A aprendizagem independente é um desafio, mas vale a pena – e se você acreditar em si mesmo, você pode conseguir ter sucesso.

(Visited 14 times, 1 visits today)

Deixe um comentário